OOH | Os 4 pilares para entender melhor

OOH

Representando 53,2% do potencial de consumo do Estado de São Paulo, o interior do estado é o 2º mercado consumidor mais rentável do país, conforme revela o IPC Marketing. Para se ter uma ideia, a cada R$100 reais gastos no país, R$14,54 são provenientes da região em questão. Os bons números atraem os olhares dos anunciantes, que tem investido em diversos formatos publicitários, dos quais a mídia externa tem se destacado.

De acordo com o Inside OOH 2022, da Kantar IBOPE Media, houve um crescimento de 29% nas inserções publicitárias em OOH no primeiro semestre de 2021, em um comparativo com o mesmo período de 2020. A alta neste setor é justificada por conta de seus pilares fundamentais: a cobertura, o impacto, a frequência e o CPM.

Com relação a cobertura, sabe-se que esta categoria auxilia na prospecção de clientes e no alcance das campanhas publicitárias, já que a disposição dos outdoors, áticos, frotlights e empenas, por exemplo, são estrategicamente analisados para atingir públicos segmentados ou não, de acordo com os objetivos das marcas.

O impacto, por sua vez, está relacionado ao total de vezes que as pessoas passaram pelos pontos dos roteiros, ao passo que a frequência diz respeito ao número de vezes que cada pessoa passou por tais pontos. O CPM, por sua vez, significa custo por mil impressões e se trata de uma métrica que representa o gasto gerado a cada mil impressões do anúncio.

No geral, o OOH melhora os índices da cobertura, do impacto, da frequência e do CPM de forma dinâmica, atrativa e moderna, oferecendo, portanto, um excelente custo-benefício e ótimos resultados.

Venha conhecer nosso trabalho!

Endereço

Centro | 15895-000

Cedral/SP

Atendimento

Segunda a Sexta

7h30 às 17h30

Desenvolvido por Mindy Marketing

Rolar para cima